Cartas à deficiência visual: história(s) de um dispositivo clínico

Nome do/a aluno/a: Keyth de Oliveira Vianna da Silva.

Orientador/a: Alexandra Cleopatre Tsallis

Ano: 2019

Banca: Prof ª Dra. Alexandra Cleopatre Tsallis Instituto de Psicologia – UERJ; Prof. Dr. Ronald João Jacques Arendt Instituto de Psicologia – UERJ; Prof ª Dra. Marcia Oliveira Moraes Instituto de Psicologia – UFF.

Resumo: Esta pesquisa situa-se no encontro entre a pesquisadora, o campo da deficiência visual e suas afetações. O texto toma corpo na forma de cartas que entrelaçam as experiências diárias da pesquisadora, mãe e psicóloga à sua área de pesquisa. A partir das memórias da sua atuação clínica e dos registros escritos sob a forma de diários de campo, mantidos por um período de dez anos, este trabalho discute a possibilidade de (re)invenção da existência diante dos desafios do ver e do não ver. A investigação se baseia no trabalho desenvolvido em um dispositivo clínico realizado no Instituto Benjamin Constant, no Rio de Janeiro, com o intuito de ofertar um atendimento clínico de grupo para pessoas cegas e com baixa visão. Por meio do aparato teórico-metodológico oferecido pela Teoria Ator-Rede e da sua proposta de acompanhar os atores, suas ações e conexões, foi possível destacar as condições em que se pode construir uma realidade na qual a deficiência visual escapa às narrativas do infortúnio e da tragédia pessoal.

Link da biblioteca: http://catalogo-redesirius.uerj.br/sophia_web/index.asp?codigo_sophia=271288

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Programa de Pós-graduação em Psicologia Social

Laura Cristina de Toledo Quadros – Coordenadora do PPGPS

Adriana Benevides Soares – Coordenadora Adjunta do PPGPS

ppgps.uerj@gmail.com Tel: (21) 2334-0236 – Fax: (21) 2334-0216

Rua São Francisco Xavier, 524/10º andar, sala 10.009, bloco F – Maracanã, Rio de Janeiro, CEP 20550-013
Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Instituto de Psicologia UERJ

%d blogueiros gostam disto: